Copyright @ 2017 Cris Rivera

ACNE NA FASE ADULTA - Como cuidar?

16.02.2019

Acne na fase adulta, como cuidar? Dá uma olhadinha neste vídeo e veja as dicas de como tratar adequadamente e controlar esta condição da nossa pele.

A acne é uma preocupação para muitas pessoas e pode afetar diretamente a nossa autoestima. Trata-se de um transtorno cutâneo das glândulas sebáceas e se caracteriza pela presença de cravos, espinhas e manchas que geralmente são provocados por problemas hormonais, que se tornam um pouco mais intenso durante a adolescência, porém, também podem aparecer na fase adulta.

Quais são as principais causas da acne?

- Genético e hereditário – através da hiperqueratoses, ou seja, um fator hereditário no qual as células mortas se acumulam na pele porque não conseguem se desprender dos folículos, como deveria ocorrer normalmente.

- Folículos obstruídos - Os folículos se obstruem principalmente devido ao excesso de oleosidade produzido por nosso organismo.

- Bactérias – as bactérias que habitam os folículos são anaeróbicas e não conseguem sobreviver na presença de oxigênio, quando os folículos se bloqueiam com a oleosidade da nossa pele e com as células mortas, o oxigênio não pode alcançar a parte inferior do folículo e como resultado teremos a proliferação das bactérias (Propionibacterium).

- E alguns ativadores que são: os hormônios, estres, cosméticos, produtos para o cuidado da pele, medicamentos e alimentação.

Os hormônios masculinos, conhecidos como andrógenos, estimulam as glândulas sebáceas e os níveis elevados de hormônio masculino (testosterona) causam o incremento da produção de oleosidade, gerando como consequência o aparecimento da acne.

A acne na fase adulta é mais comum nas mulheres por várias razões: flutuações hormonais causadas pelas pílulas anticoncepcionais, alterações menstruais, gravidez e menopausa podem provocar as inflamações de acnes que geralmente aparecem na área do queixo.

O estres também causa flutuação hormonal e incrementa a produção de oleosidade na pele, a glândula suprarrenal responde ao estres e libera adrenalina para ajudar a enfrentar os momentos tensos de estres. Os hormônios masculinos também são produzidos pela glândula adrenal que por sua vez irão estimular as glândulas sebáceas. Infelizmente, sempre que temos um acontecimento importante, que queremos estar mais bonitas e com a pele maravilhosa, pode aparecer estas imperfeições devido ao estres e por consequência o aumento da produção de oleosidade (sebo).

Os cosméticos e alguns ingredientes dos produtos podem agravar a acne. Os ingredientes oleosos, como as ceras e óleos podem obstruir os poros ou irritar os folículos. Estes ingredientes são conhecidos como comedogênicos e podem bloquear os folículos, favorecendo a acumulação de células e a produção de cravos e espinhas. Os produtos ricos em emolientes ou oclusivos também são muito pesados, podem estimular o aparecimento de acne e devemos considerar inclusive os produtos que usamos em nosso cabelo.

Os produtos para pele com acne devem ser livres de óleo e a base de água, para hidratar a pele, porém sem trazer mais oleosidade, agravando a inflamação e contribuindo para a obstrução dos poros. Muitos produtos para maquiagem também são comedogênicos, principalmente as bases e os pós feitos com ingredientes sólidos e oleosos.

No caso da alimentação, o excesso de sal, açúcar, gordura saturada, queijo, alimentos processados e enlatados devem ser evitados. Comer verduras, frutas frescas e aumentar o consumo de água ajuda a manter a saúde de nossa pele e todo nosso organismo.

Existe um grande mito de que o chocolate causa acne, na realidade a culpa não é do chocolate em si, e sim, do açúcar e da gordura contida no chocolate que podem desencadear esta condição.

A acne se divide em 4 graus, sendo grau IV o mais severo, e o que determina o nível do grau de acne é a quantidade de lesões, cravos, pápulas, pústulas e quistos presentes na pele, conforme descrito abaixo:

Grau I – erupções menores, a grande maioria são cravos abertos, alguns cravos fechados e poucas pápulas.

Grau II – quantidade grande de cravos abertos e fechados, pápulas e pústulas ocasionais.

Grau III – pele avermelhada e inflamada, quantidade grande de cravos, pápulas e pústulas.

Grau IV – acne cística, presença de quistos, cravos, pápulas, pústulas e inflamação. É comum que apareçam cicatrizes pós acne na pele.

Qual o melhor tratamento para controlar a acne?

O melhor tratamento para controlar a acne é adotar uma boa dieta alimentícia, usar produtos adequados para o cuidado da pele e fazer uma boa limpeza de pele, pelo menos uma vez ao mês, com sua esteticista.

Quando a pele com acne possui grau III e IV, um médico deve ser consultado para analisar a possibilidade de um tratamento mais forte e a base de medicamentos.

Tanto o médico quanto a esteticista irão analisar o seu estilo de vida para te ajudar a selecionar uma dieta alimentícia adequada que te ajudará a controlar o aparecimento de acne.

Como cuidar da pele com acne em casa?

Cuidar da pele com acne é um processo continuo e deve ser criada uma rotina de cuidado diário em casa para ajudar a manter esta condição sob controle, porém, antes de investir em um cuidado em casa, é importante que o médico ou a esteticista analisem a sua pele para te indicar os produtos que irão atender a sua necessidade.

Não tente extrair os cravos e as espinhas em casa, por mais que seja tentador, pois este procedimento se feito de forma incorreta pode causar inflamação, mancha, cicatriz além de contaminar outras áreas do rosto.

Quais produtos devo utilizar em casa?

Limpador com espuma

Exfoliante suave que pode conter um ácido específico para esta condição (salicílico, láctico, glicólico) ou peróxido de benzoílo.

Tônico sem álcool

Hidratante suave a base de água e protetor solar.

***É importante fazer uma exfoliação pelo menos uma vez por semana com argila verde, branca ou rosa.

Quais são os produtos e vitaminas recomendados para o controle da acne?

Beta-hidroxiácidos (BHA) – ácido salicílico (verificar se você é alérgico a aspirina)

Alfa-hidroxiácidos - (AHA’s) – ácido glicólico, láctico, cítrico, málico e tartárico

Vitaminas de uso oral – zinco, vitamina C e complexo B

Produtos para uso tópico - Vitamina A (Retinol é um derivado da vitamina A), Peróxido de Benzoílo e Tee Tree  (Melaleuca)

Máscara de Enxofre

Tratamento de Oxigenoterapia

Conselhos úteis:

Elimine os produtos que são comedogênicos, lembre-se que produtos livres de óleo não são necessariamente não-comedogênicos.

Controle a oleosidade da sua pele usando produtos adequados para acne, desta forma você não irritará a pele e não aumentará a produção de oleosidade.

Faça exfoliação suave pelo menos uma vez por semana.

Tente evitar os agravantes do meio ambiente, tais como: poluição, sol em excesso, umidade, poeira e faça o seu melhor para reduzir o estres.

Diminua o consumo de açúcar, sal, fritura e adote uma dieta saudável à base de legumes, verduras, frutas e fibras.

Faça limpeza de pele profunda uma vez ao mês.

E seguindo estes conselhos você conseguirá controlar a oleosidade excessiva da pele, evitar o aparecimento de acnes e aumentar a sua autoestima.

Espero que você goste das dicas, cuide bem e seja feliz!

Bjs,

Cris Rivera

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload